• CONTRAPONTOS DA LITERATURA INDÍGENA CONTEMPORÂNEA
O trabalho de Graca Graúna como escritora e crítica literária, portanto, abre uma zona de contato onde a oralidade e a escrita indígena brasileira constituem um hífen enquanto fissura e fusão – uma différance – que suplementa e subverte o discurso monocultural do cânone crítico-literário. Desta forma, contribui para a construção de uma encruzilhada crítica e literária brasileira caracterizada por uma verdadeira pluralidade cultural, identitária e étnico-racial. (Roland Walter)

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.

CONTRAPONTOS DA LITERATURA INDÍGENA CONTEMPORÂNEA

  • R$40,00


Simulador de Frete